nojo de rato
 
senhor policial, não falo com estranhos
seu guarda, não tenho intimidade com homem
dr. delegado, não lhe dei esta liberdade
meritíssima senhora juíza, desculpe, mas tenho
compromisso inadiável
senhor carcereiro, não tem açúcar no meu café
 
édson de vulcanis & edilson del grossi
Nenhum comentário

Deixe uma resposta